Arquivos da Categoria

    Exposições & Eventos

  • All
  • Tesourinha na BSB Memo

    Vamos colorir a cidade!
    No próximo sábado a BSB Memo recebe, com muita emoção, o projeto Tesourinha e suas mudinhas de ipês.

    Além das plantinhas, a marca idealizada pelo designer Bernardo Siruffo faz também objetos lindos e inspirados em Brasília.

  • Urbium

    As escapadas durante a realização da monografia final do curso psicologia renderam a João Campello o início de sua trajetória como fotógrafo.

    Brasília, cidade que o baiano adotou desde sua infância, era pano de fundo para experiências com a máquina fotográfica, agregando à sua própria história, a formação como engenheiro civil, o trabalho como designer gráfico e a influência de filmes e de jogos de videogame.

    Cinco anos passados desse momento inicial e a cidade pensada como monumento ainda rende imagens surpreendentes que são apresentadas na BSB Memo em duas coleções: Urbium, iniciada em 2014 e marcada por cenas urbanas cotidianas registradas em preto e branco; e a inédita Infrarubrum, capturada em infravermelho, revelando aspectos dessa paisagem que não são visíveis para o olho humano.

    As séries compreendem 20 imagens que poderão ser adquiridas com ou sem moldura, sendo impressas em papel RAG e Barita Photographique.

    17.06.2016 – Abertura da Exposição Urbium

    Participação
    Wine Moving
    Téro na rua – Comida gourmet sobre rodas
    + Fusbier

  • Brasília Pantone

    Qual a cor de Brasília?

    O projeto Brasília Pantone é um registro fotográfico das diferentes escalas cromáticas da cidade (projetadas ou construídas pelo acaso), que investiga como a paleta de cores urbana transforma nossa experiência de viver em Brasília. O resultado desse trabalho é o e-book Brasília Pantone, de Gabriela Bílá (O Novo Guia de Brasília) e Marilia Alves.

    15.08.2015 – Abertura da Exposição Brasília Pantone

    + Lançamento do e-book Brasília Pantone, de Gabriela Bílá (O Novo Guia de Brasília) e Marilia Alves, para download gratuito
    + Exposição das fotos de Gabriela Bílá e Marilia Alves
    + Exposição de fotos selecionadas no workshop

    Djs
    + El Roquer [ TONS of NADA ]
    + Ahmed [ Crazy Cake Crew Podcast – CCCP ]
    + Rami [ LIVE ]

    apoio: entrequadra

  • Os Palácios Originais de Brasília

    Em comemoração ao aniversário de Brasília, receberemos na galeria da BSB Memo o arquiteto Elcio Gomes da Silva, autor do livro “Os Palácios Originais de Brasília”, para uma conversa sobre a história dos primeiros palácios construídos para a inauguração da capital.

    Ao longo de mais de 400 páginas, o livro descreve as diversas etapas do processo de criação e conta a história dos Palácios da Alvorada, do Congresso Nacional, do Planalto e do Supremo Tribunal Federal. Fartamente ilustrado com fotografias de maquetes e desenhos originais de Oscar Niemeyer e de Joaquim Cardozo, produzidos entre 1956 e 1960, também apresenta desenhos especialmente elaborados para a publicação. Na ocasião também serão sorteados alguns exemplares da obra.

    Sobre o autor

    Elcio Gomes da Silva
    Bacharel e Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela UnB (1995 e 2012). É arquiteto da Câmara dos Deputados desde 2002. Sócio desde 2005, juntamente com Danilo Macedo e Fabiano Sobreira, do escritório MGS – Macedo, Gomes & Sobreira.

  • Dez Athos

    A BSB Memo recebe nos meses de novembro e dezembro a Exposigao DezAthos, coletanea com curadoria da Fundathos em conjunto com a Casa Brasileira da Gravura, resultado da contribuigao estetico-artrstica e hist6rica do trabalho de Athos Bulcao, que, para Oscar Niemeyer, foi o artista brasileiro que melhor compreendeu a relagao entre as artes plasticas ea arquitetura. Do painel da lgrejinha, uma de suas obras mais conhecidas, passando pelos paineis do Aeroporto JK, que resistiram a inumeras tentativas de serem removidos, e pelos paineis do edif1cio demolido do Clube do Congresso, a coletanea traz exponentes obras que conferem beleza e personalidade singulares a Brasnia e suas
    obras arquitetonicas. As gravuras expostas fazem parte de uma edigao com sensrveis melhorias tecnicas na fidelidade de reprodugao do gabarito originalmente concebido pelo autor, provavelmente de forma jamais vista.

  • Niemeyer: Brasília em Gravuras

    “Quanto sonho e entusiasmo JK dedicou a Brasília? Quanto obstáculo o cercou tentando paralisá-la? Mas Brasília é uma realidade, viva, palpitante e irresistível como ele a desejava”.

    BSB Memo está muito feliz em receber uma coleção particular de gravuras originais de Oscar Niemeyer em sua galeria. A inauguração será no sábado dia 20 de setembro.

  • Autógrafos & Céu de Brasília com 20% off

    Do dia 4 ao 6 o céu de Brasília está com 20% off na BSB Memo. Livro, passe-partout e quadros incríveis, tudo do Céu, na promoção. Junte-se a nós no dia 4 para uma noite de autógrafos com Bento Viana.

  • Quadradinho

    Desenhos de Uma Brasília não tão Quadrada Assim

    No próximo mês a BsB Memo Memorabilia recebe a exposição “Brasilinha, Desenhos de uma Brasília nem tão quadrada assim” do Quadradinho. A abertura será no dia 8 de maio com a presença dos ilustres ilustradores Henrique Eira e Luísa Malheiros.

  • Brasília Monumental e Cotidiana

    As fotografias de Joana França nos falam sobre sua duradoura relação com Brasí- lia, que por vezes beira a obsessão. Seu olhar tateia a cidade, experimentando suas texturas, curvas e ângulos, como quem explora o corpo da pessoa amada, tentando reter os detalhes para mante-lo presente na memória.

    Nessa pequena mostra podemos percor- rer alguns diferentes momentos dentro dessa experiência. As imagens se alter- nam entre detalhes, sejam das constru- ções ou do mobiliário, até a macro escala do desenho urbano. Ora através de enquadramentos formalmente rigoro- sos, que fazem saltar aos olhos a preocu- pação dos modernistas com o desenho que perpassa todas as escalas, ora reve- lando aspectos imprevisíveis das ocupa- ções dos espaços urbanos, que só se re- velam para quem é íntimo o suficiente para encostar a cabeça no peito, e escu- tar o ritmo sutil, mas pulsante da cidade que hoje é viva.

    Suas fotografias são um convite generoso para que deixemos cair o véu que o coti- diano impõe entre a cidade e nosso olhar apressado do dia a dia. Expondo sua inti- midade com a cidade, Joana nos oferece possibilidade de rever Brasília através do seu olhar de quem nutre um amor maduro cultivado pelo trabalho diário.

    por Ricardo Theodoro